quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

Da arte

Da ciência espram-se descobertas, da técnica, progressos que facilitem nossa ação no mundo. Da arte não podemos tirar um ensimento tão últil e rentável. Nieztche disse que a arte é como um enfeite da existência. Um ornamento encarregado de trazer um pouco de fantasia a uma vida escravizada ao funcional.

Marc Jimenez

5 comentários:

Bruno Bernsau disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bruno Bernsau disse...

Porquê você não me avisou do seu blog?
Adorei ele!!!
Ainda estou degustando frugalmente para aborear melhor, mas posso asseverar que agora sinto que tenho companhia inteligente na internet!

Um beijão!!!

anitha disse...

Não sei se concordo,acho que a arte é o suspiro,o desabafo de alguém colocado da maneira como ele vê o mundo!
Pode ter tanta sabedoria escondida num quadro,nas entrelinhas de um poema ,ou até mesmo numa música,como em qualquer artigo bem apessoado,ou livro cheio de nomes científicos!
Basta saber enxergar!
:)

marilia disse...

Uai,sô! Esse blog tá diferente! Nem reconheci...
haha

A arte é enfeite de tudo, muié!

beijocas

Mi disse...

é vc? a menina amiga da marília da facha?