sexta-feira, 23 de julho de 2010

Milagre azul


Os obstáculos são apenas pequenos pontinhos invisíveis que nos ajudam a chegar até o objetivo final. No fundo, eles nos servem de apoio. É como se um individuo escalasse uma montanha e nela encontrasse uma pequena cavidade que, a principio, poderia comprometer a segurança, mas bem observada serviria como um apoio para os pés – um impulso a mais.

Para alcançar o milagre azul é preciso esvaziar o pensamento, ignorar o barulho exterior, olhar com compaixão para os obstáculos e fechar os olhos. O homem desaprendeu a viver em silêncio e usufruir de sua própria companhia. Às vezes a espiritualidade é um pouco egoísta e exige que fiquemos sozinhos por um tempo, para enfim compartilhar e trocar com os outros.

Não sou a favor de um conhecimento escondido, oculto e que não circula pelas pessoas. As experiências devem ser compartilhadas sempre, mas falta a capacidade de ouvir com atenção e o desapego. Infelizmente as tecnologias fizeram com que nós mesmos nos interrompêssemos a cada três minutos e a concentração tornou-se um dom camuflado.

Queria neste momento viver uma experiência transcendental com todos os meus amigos, aqueles que dividem o dia comigo e vocês que fazem parte da minha vida virtual. Quero que vocês participem do milagre azul. Vamos dar as mãos em roda e girar lentamente até os nossos corpos comecem a voar.

7 comentários:

Franck disse...

Tenho uma sugestão: que tal vc marcar dia e hora para que façamos uma corrente e o milagre azul aonteça?
Bj e um bom fim de semana!

Flor Baez disse...

Ótima idéia Franck!
Mas como seria: virtual ou real::::

Flor Baez disse...

Ótima idéia Franck!
Mas como seria: virtual ou real::::

۞ Potira ۞ disse...

Que imagem mais linda flor...

=)

Willyan Luemi disse...

Pergunta adorável!
Agrada-me me ver dentro das outros, quando para descobrir a causa de seu comportamento, quando para evitar de fazer qualquer coisa que os machuque.
Gosto de ver os outros dentro de mim, para perceber que já tenho a tudo o que preciso.
Mas no fundo no fundo, acho que é tudo uma mesma coisa.
---------------
Quanto ao milagre azul, toda e qualquer experiencia é divina,
Principalmente quando essa experiencia é um mergulho bem para dentro de si.

Vi uma vez uma matéria, sobre um grupo de pessoas que se dispuseram a meditar em meio a Av. Paulista.
Foi um exemplo para as pessoas que com pressa passavam, e não conseguiam guardar um tempo para a própria paz.

Seja como for a maneira como o milagre azul aconteça, estou com você.

Karine Melo disse...

Também darei as mãos, em roda, lentamente.. quero voar! :)

eu adorei!

beijos, linda.. boa semana :*

Oriana Shakti disse...

Entrei na Roda!!! que delícia, voar de mãos dadas!!!
eba! :-)