sexta-feira, 16 de julho de 2010

Série Bollywood: Tere Bin Laden



Deu no Jornal O Globo e estreou ontem na Índia.
Uma comédia com um falso Osama bin Laden como protagonista estreia nesta sexta-feira na Índia, apesar de a produtora do longa metragem ter sido ameaçada através de uma carta anônima. A nova produção de Bollywood, como é conhecido o cinema em Bombaim, conta a história de um criador de galinhas que simula ser o terrorista mais buscado no mundo devido à semelhança física.
O filme foi proibido no Paquistão, onde a história acontece. O comitê de censura paquistanês decidiu na última terça-feira vetar a estreia por temor de ataques terroristas. O longa chegará aos países com grande número de imigrantes indianos, como o Reino Unido e a Austrália, mas neste momento não chegará aos Estados Unidos - os executivos vão analisar a resposta do público nesses países.
"Tere Bin Laden" (Sem você, Bin Laden), protagonizado por Alí Zafar, um famoso cantor paquistanês, trata de um jornalista que tenta vender uma entrevista exclusiva com o falso Bin Laden para poder viver nos EUA, após várias tentativas fracassadas de conseguir um visto. A história se complica quando a Casa Branca envia um agente secreto para seguir os seus passos.
- Não é uma biografia, e sim uma sátira - afirmou o diretor, Abhishek Sharma, que explica que queria "mostrar o mundo após o 11 de setembro, mas pela perspectiva das pessoas normais", utilizando um símbolo do terror.

6 comentários:

Sarah Slowaska disse...

Pois, é compreensível que eles tenham vetado :) Mas o filme não deixa de ser interessante! Obrigada pela dica!

beijos

Clarice disse...

Meus comentários somem como fumaça, então deixo só um abraço.

Franck disse...

Resta-nos esperar os acontecimentos e tentar ver esse filme...um dia! Aí poderemos tecer nossas críticas.
Um bom domingo! Bj*

Olívia Barros disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Olívia Barros disse...

E a profissional só tem 9 anos acredita?!
Obrigada pela visita e vim conhecer seu cantinho também.
Bjo grande e boa semana!

Velhinho Decadente disse...

Há alguns países que nunca vão deixar de cultuar, em primeiríssimo lugar, Marte - lamentável. Temo até afirmar que o deus da guerra ainda impera no mundo.
Olha, estou fascinado com seu blog.
Abração forte!