quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Anoushka

,
Era uma estrada de terra longa e quase infinita. O sol insistia em ir embora e me deixar sozinha. Algumas aves voavam desesperadamente pelo céu que começava, segundo a segundo, ficar cada vez mais escuro. Eu continuei caminhando. Um trovão ali, gotas grossas e frias despencavam do alto. Hoje tinha festa no céu e eu não fui convidada.

A chuva era perfeita e trazia calma. Já não havia nenhuma luz, somente a que eu carregava dentro de mim, mas era suficiente para iluminar o que os meus olhos queriam ver. Olhei pro céu e os deuses dançavam, e seu suor caia na terra seca fertilizando as sementes, brotando luz. Eu fui convidada para a festa. Obrigada Anoushka.

Para o Projeto Escuridão

7 comentários:

Sil.. disse...

Coisa mais lindaaaaaaaaaaaaaaa, minha querida!

Um grande abraço meu!

Sil.. disse...

Coisa mais lindaaaaaaaaaaaaaaa, minha querida!

Um grande abraço meu!

disse...

Lindo! Sensível. Bjosss

Suzi disse...

.

Lindo texto!

"Já não havia nenhuma luz, somente a que eu carregava dentro de mim,"

Perfeito isso! Que sempre carregues essa luz a iluminar teus caminhos e a iluminar os que te rodeiam.

Deixo sorrisos. Levo luz.

Beijos e carinho

.
.

Franck disse...

'tinha festa no céu e não fui convidada', qdo li essa frase, doeu no peito, mas depois, o peito inflaou de felicidade, vc participou dessa festa da natureza...lindo isso! Bjs*

The human who sold the world disse...

Eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee

Escuridão tum tum tum escuridão tum tum tum....

Pegue o gostinho, hehehehe

Beijitos

Pelos caminhos da vida. disse...

Simplesmente lindo.

Hoje tirei o dia para conhecer novos blogs, interagir e fazer novas amizades.

Fica aqui o convite para conhecer o meu blog, serás bem vinda.

Fim de semana de luz.

beijooo.