quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Clube do LIvro: O tigre Branco, Aravind Adiga

A última leitura que fiz foi "O tigre Branco", de Aravind Adiga. O romance conta a história de um motorista da casta de doces, que como a maioria dos indianos, deseja mudar de vida, ganhar status, dinheiro, poder etc. A narrativa é muito semelhante com os trabalhos de Rubem Fonseca, nítida e gritante semelhança com o nosso escritor brasileiro. 

A ironia é ferramenta chave para descrever em uma só palavra o livro, que é narrado pelo típico anti-herói que almeja profundas transformações materiais a troco de qualquer má ação no meio do caminho. Não podemos sequer julgar como lamentável a sua conduta, uma vez que a própria descrição da sua vida, envolvida em miséria, nos faz conscientemente desejar que Balram (o personagem principal do livro) se dê bem na sua jornada. 

Para desfazer a visão romanceada que nós, ingênuos ocidentais fazemos da Índia é bom ler de quando em vez um Aravind Adiga, uma Gita Metha. Há muito, muito o que melhorar socialmente na Índia, que ainda convive com disparates sociais muito intensos. 

Livro recomendado! :) Indicação da amiga Julia Schetini 

Interaja com a gente na nossa página do Facebook

2 comentários:

Um novo Despertar disse...

Será que foi a mensagem que eu quis te passar?

۞ Potira ۞ disse...

Ai que bacana! Estou louca pra ler esse livro agora!

Obrigada pela dica!

Beijo beijo

=)