quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

O Caminho da Bem Aventurança

  Você é pequeno, criança, cheio de fantasias e sonhos que na maioria das vezes são encarados pelos pais como qualquer coisa juvenil, sem importância. E são nesses grandes sonhos que moram nossa bem aventurança, que se fossem identificados, estimulados, apoiados pelos pais e dado as ferramentas necessárias o resultado seria o afloramento/aperfeiçoamente de um dom. Daquilo qu jaz dentro de nós e que tem vida própria, e pode se desenvolver se assim for trabalhado.

Por mais que esse dom seja invisível aos seus olhos, não adianta, todo mundo temum, mesmo que não tenha descoberto ainda. E quando temos a plena consciência do que é este dom podemos trabalhar ardua e serenamente por toda a nossa vida sem nos darmos conta que estamos realmente trabalhando.

Mas o problema é por que não conseguimos descobrir o nosso dom? Porque quando deveríamos ter somente investido nossa força e energia naquilo que sentíamos prazer em fazer, a sociedade inteira (educação, meios de comunicação, família e todas as insitutições sociais) nos fizeram acreditar que o mais importante é ser bem sucedido, sempre. Ter sucesso, obter lucros. Só que um dia descobrimos que abrimos mãe da nossa felicidade e bem aventurança em prol de uma vida sem sentido, estressante, frustrada. Que espécie de vida é essa? Que sucesso é esse você conseguiu abrindo mão dos seus sonhos e não fazendo o que sua alma deseja realmente?

O resultado isso é o que vemos por aí bastando olhar para o lado: pessoas que odeiam o que fazem,insatisfeitas, que ficam aguardando ansiosas para fazer no fim de semana aquilo que poderiam fazer a vida inteira.

E qual seria a solução para o impasse? Descubra o que faz sua alma vibrar, se esforce, mas esteja preparado também para ter dias ruins (antes dias ruins do que acumular anos de frustração e sofrimento), improdutivos, por que nem tudo está fadado ao sucesso e conclusão não quer dizer coroamento. Assim é a  vida.

Não deixe que o desviem do seu caminho. Todo mundo tem planos para você, eles julgam saber o que é melhor pra sua vida, mas não sabem e jamais saberão.  É isso que Joseph Campbell quis dizer nas Reflexões sobre a arte de viver. Quando souber aonde mora sua bem aventurança, agarre-a. Não meça esforços para tornar isso palpável, mesmo que os três mil papagaios te digam que não vai ar certo, tente você mesmo.  E se realmente não ser, tente de outra forma.  Caiu, levantou.  Assim devemos dançar a vida. O que é sucesso para você pode não ser para outra pessoa, cada um tem o seu próprio referencial de satisfação, de felicidade.

"Eu costumo dizer: persiga sua bem aventurança e não tenha medo que as portas se abrirão, lá onde você não sabia que haviam portas." Joseph Campbell


2 comentários:

Sissym disse...

É uma visita delicada, rapida, mas com muito carinho: para desejar um otimo final de semana!

Voltarei.

Beijos

Flor Baez disse...

Obrigada, aniga Sissym! Tenha uma boa semana você também! :)

Beijos,
Paz,
Flor