segunda-feira, 24 de junho de 2013

O objetivo maior



Quantas vezes já li nessa internet a fora aquela frase: “Para quem não sabe aonde ir qualquer caminho serve”. É muito importante termos claras perspectivas do que queremos para a nossa vida, caso contrário viver se torna um samba do crioulo doido, uma série de eventos desconexos que não ajudam a fincarmos os nossos alicerces, a nos fortalecermos. Não é de todo o mal fincar raízes. 

Quando temos objetivos claros e definidos é mais fácil a caminhada, quando ainda não sabemos muito bem o que desejamos/esperamos o melhor é fazer uma profunda reflexão, adentrar na profundidade do nosso ser e encontrar o que está perdido. Traçar metas para curto, médio e longo prazo nos ajuda a manter o entusiasmo, o foco. Mas por favor, sem metas paranóicas. Após definido o plano maior, nada melhor do que a paciência para uma execução leve e serena. Ao contrário do que o mundo pede, não precisamos ter pressa. A pressa só atrapalha, confunde, te tira do seu estado natural de equilíbrio e te leva a querer mil coisas de uma vez, de maneira caótica. 

As vezes temos todas as oportunidades do mundo nas nossas mãos e não nos damos conta disso no tempo "certo", no instante-já, como dizia Clarice Lispector. Quando percebemos pode ser tarde demais,  ou melhor, não tão fácil quanto poderia ter sido. Agora já não importa o tempo desperdiçado e sim a nossa capacidade de se renovar, de criar novas situações, de buscar novos cenários para a nossa história. Você é responsável pela sua jornada, e ninguém mais. Tenha planos, sonhe bastante e alto, não há nada de mal nisso. Os sonhos são impulsos divinos, celestes. Não deixe que pessoas de visão pequena e dominada pelo senso comum joguem baldes de água morna na sua imaginação, ela é o que conecta você com o impossível. Visualize e acredite com toda a sua força nos seus sonhos, pois eles se tornam reais quando você menos imaginar. 

Use todos os instrumentos que você tem disponível, sem ferir ou prejudicar outras pessoas e mãos a obra. Afinal de contas, nunca é tarde quando estamos vivos, temos saúde e a plena capacidade das nossas funções cognitivas.

Nenhum comentário: